segunda-feira, 27 de abril de 2015

Couscous marroquino com legumes salteados

postado por: Marília





Demorei para postar uma nova receita, não é? Mas quero me redimir trazendo este prato incrível para vocês - e de quebra inaugurar uma nova seção no blog: sem carne. É sem carne. 

A algum tempo já vinhamos amadurecendo esta ideia, para contemplar os leitores que por restrição - ou opção - retiraram este item de sua dieta. Ou para quem quiser dar uma "arejada" no organismo. Porque não?


Vamos aos ingredientes?

1 1/2 xícara (chá) de couscous marroquino
500ml de fundo de legumes
1 bok choy
100g de ervilha torta
100g de vagem
1 cenoura média
1 tomate
1 cebola roxa
1 dente de alho
Azeite
sal
pimenta do reino 



Comecei o preparo pelos legumes: depois de lavar em água corrente, descascar, despetalar e fatiar, reservei-os em um prato grande.

Para a cenoura, a vagem, a ervilha e a bok choy, utilizei a técnica do branqueamento - fiz um legume por vez e reservei em um escorredor. 

Aqueci o fundo de legumes (que ensinei a fazer aqui com carne, mas apenas retire este item e proceda da mesma forma). Numa tigela juntei o couscous com o caldo e temperei com sal. Mexi, cobri com filme plástico e deixei descansar por 15 minutos para hidratar.

Numa frigideira anti aderente aquecida, coloquei um fio de azeite e refoguei as fatias de cebolapor 1 minuto. Reservei em um prato. Acrescentei mais um fio generoso de azeite e juntei o dente de alho (com casca para aromatizar o azeite). Acomodei os legumes e, com cuidado, fui agitando a frigideira pelo cabo, afim de que todos fossem envolvidos pelo azeite. Temperei com sal e pimenta do reino preta.

Em cada prato coloquei uma porção de couscous (cerca de 1/2 xícara de chá) e uma porção de cada legume. Reguei com um pouco mais de azeite e servi em seguida.

Lindo, leve e delicioso esse prato ganhará o seu coração! 




Minhas considerações:

- o couscous marroquino rende bastante. Esta porção serviu super bem 4 pessoas;


Se fizer me conta?

Forte abraço!



quinta-feira, 16 de abril de 2015

Cozido de lentilha

postado por: Marília



Lentilha é uma delícia, não é? Este cozido tem um sabor incrível e é fácil de fazer - tudo na panela de pressão! 

Vamos aos ingredientes?

2 xícaras (chá) de lentilha
150g de bacon em cubinhos
500g de acém em cubos
2 cenouras fatiadas
2 tomates cortados em cubos
1 cebola grande picada
3 dentes de alho picados
2 folhas de louro
sal
pimenta do reino
salsinha
água quente


Numa panela de pressão aquecida, dourei o bacon até que eliminasse bastante gordura. Retirei os torresminhos e reservei. Na gordura que se formou, dourei os cubos de carne aos poucos. Retirei e reservei junto com o bacon. Refoguei a cebola até que ficasse transparente, juntei o alho e refoguei mais um pouco. Devolvi a carne e o toucinho para a panela. Acrescentei as folhas de louro e temperei com sal e pimenta do reino. Cobri com água quente (3 xícaras de água aproximadamente) e deixei cozinhar em fogo médio/baixo até a carne ficar macia - 30 minutos aproximadamente.

Abri a panela e acrescentei o tomate, a cenoura e a lentilha (já escolhida e lavada) e cobri com mais água quente (mais 2 xícaras aproximadamente) e deixei cozinhar em panela aberta, até que todos os ingredientes fiquem macios.

Acertei o sal e temperei com mais pimenta do reino. Finalizei com bastante salsinha picada.
Servi imediatamente.

 Para acompanhar azeite e pão beeemm cascudo.


Delicioso! 


*** Receita tirada do livro Cozinha Regional Brasileira. Vol. 4 São Paulo. São Paulo: Ed. Abril, 2009. pág. 68




sábado, 4 de abril de 2015

Boeuf bourguignon

postado por: Marília




Este é um prato típico francês que, basicamente, consiste em carne vermelha cozida no vinho acompanhada de legumes. 

O que eu achei bacana é o fato de ser super simples de fazer e mega saboroso. Ideal para quem está começando a cozinhar e quer causar uma boa impressão nos convidados. 

Para preparar esta delícia utilizei:


1 kg de carne dura (usei paleta)
150g de toucinho defumado picado
500ml de vinho tinto seco de boa qualidade
1 cebola grande cortada em cubinhos
2 dentes de alho cortados finamente
2 cenouras médias fatiadas
150g de cogumelo paris cortado em quartos
1 bouquet garni (ensinei aqui)
Sal
Pimenta do reino moída na hora
Cebolinha fresca picada à gosto



Comecei limpando a peça de carne e cortando em cubos médios. Temperei com sal e pimenta do reino. Reservei.

Numa panela de fundo grosso, fritei o toucinho até que ficasse douradinho e soltasse bastante gordura. Reservei o toucinho em um prato.

Na gordura que se formou – em fogo alto – selei os cubos de carne, um pouco por vez. Fui reservando os cubos junto com o toucinho.



Na mesma panela, refoguei a cebola até ficar transparente. Juntei o alho e refoguei por mais um minuto. Devolvi as carnes para a panela e acrescentei o vinho. Com a ajuda de uma colher de pau, fui raspando o fundo da panela, ajudando na deglaçagem. Temperei com mais um pouco de pimenta do reino e juntei a cenoura e o bouquet garni. Tampei a panela e deixei cozinhar em fogo baixo por 2 horas.

Quando a carne estava bem cozida, acertei o sal, acrescentei os cogumelos e deixei cozinhar por mais 10 minutos.

Finalizei com cebolinha picada.


Minhas considerações:

- o bouquet garni que utilizei nesta receita continha: 1 folha grande de alho poró, 1 talo grande de salsão, 1 ramo de tomilho fresco, 1 folha de louro fresco e 4 talinhos de salsinha;

- Embora o tempo de cozimento seja longo, nada de deixar a panela sozinha no fogo! A cada 15 minutos dê uma boa mexida e acompanhe a quantidade de líquido;

- Caso a quantidade de vinho não seja suficiente, mantenha uma chaleira com água quente por perto. Acrescente aos pouquinhos até atingir o completo cozimento da carne;

- Gostei muito do prato. Mas vou confessar que no dia seguinte ficou muito melhor! Da próxima vez, vou preparar de véspera e deixarei a finalização com a cebolinha para o momento de servir.

- para acompanhamento sugiro arroz branco, purê de batatas ou pão fresco. E claro, mais vinho!


Se fizer me conta?


Ótimo apetite!


quarta-feira, 1 de abril de 2015

Risoto de abobrinha, linguiça e manjericão

postado por: Marília





Risoto é uma delícia e super versátil - as combinações são infinitas. Eu adoro!

Aqui no blog já apresentei algumas versões aqui, aqui e aqui.


Os ingredientes são:


¾ de xícara (chá) de arroz arbóreo
2 abobrinhas italianas
1/2 cebola
1 dente de alho
1 lingüiça calabresa tipo Filomena
1 ramo de manjericão fresco
1 xícara (chá) de vinho branco seco
600ml de caldo de legumes
1 colher (sopa) de manteiga sem sal gelada
½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado
sal
pimenta do reino
azeite

Comecei aquecendo o caldo de legumes em fogo baixo.

Lavei as abobrinhas em água corrente. Removi as sementes e cortei em cubos pequenos.
Cortei a linguiça em fatias; a cebola e o alho (sem o broto) em cubos pequenos . Reservei.

Numa frigideira antiaderente – fogo alto - salteei a abobrinha com um fio de azeite. Reservei. Na mesma frigideira, salteei a lingüiça. Reservei.

Numa panela de fundo grosso, adicionei um fio de azeite e refoguei a cebola até ficar transparente. Adicionei o alho e refoguei por mais 1 minuto. Juntei o arroz e deixei refogar por 1 minuto. Adicionei o vinho e, mexendo sempre, esperei todo o líquido secar. Adicionei uma concha de caldo, mexendo sempre. Quando todo o líquido secou, adicionei mais uma concha. Repeti este processo até que o grão de arroz ficasse al dente – macio por fora, mas levemente resistente no centro do grão.

Acrescentei ao arroz a abobrinha, a linguiça e as folhas do manjericão. Mexi bem. Acrescentei a manteiga e o queijo parmesão ralado, mexendo bem após cada adição. Temperei com sal e pimenta moída na hora.

No prato, finalizei cada porção com mais um fio de azeite e folhas de manjericão.


Delicioso!





Minhas considerações: 

- o caldo (ou fundo) endinei a fazer aqui - só exclua a carne e terás o caldo de legumes, ok?

- usei linguiça calabresa tipo filomena, que são mais finas e compridas;

- usei xícaras com capacidade de 200ml


Se fizer me conta?



Forte abraço!